imagem

PRÓXIMO JOGO DIA: 17.12.2017
fc porto MARÍTIMO // COMPETIÇÃO: liga

imagem
imagem


imagem



Cá estaremos para receber o 3º, da maneira que só nós sabemos fazer


imagem

À 12ª jornada o Porto continua em 1º na Liga NOS e a uma vitória do apuramento para a fase seguinte da Champions League.

Segundo um comentador da sic n, só com um milagre esta equipa poderia alcançar vitórias; pois então os milagres acontecem. E tão importantes como as vitórias, têm sido as recuperações de jogadores como Marega, Aboubakar ou Herrera, que passaram de dispensáveis a titulares; tem sido a valência de uma equipa em que qualquer um marca, seja ele trinco ou central; têm sido os golos em contra-ataque ou de bola parada; tem sido retorno que os adeptos dão a este esforço.

Na Vila das Aves ficaram 2 pontos, que mais do que o peso das contas, tem o peso emocional para os adeptos de ser o jogo que antecede a receção ao benfica e que sabíamos estar armadilhado, como tem acontecido nas últimas épocas e nos jogos destas duas equipas e que antecedem os clássicos.

É claro para todos os portistas que não foi uma boa exibição, mas também há factos igualmente claros: tive oportunidade de reparar que após o aquecimento, os guarda-redes do Porto entraram no balneário com o equipamento estranhamente sujo de lama, o que não acontece no Dragão, por exemplo. Viria a verificar-se que houve inúmeras quedas e que os nossos jogadores se fartaram de escorregar. Estariam a usar as chuteiras corretas? Foi então que percebi o conceito de "terreno escorregadio". Afinal era de lama que se falava e não do facto de o adversário ser um satélite da 2ª circular. Pelo menos são tudo aves...

A juntar-se a estas condições, vimos dois erros do Corona (que talvez devesse ter sido substituído depois do 1º amarelo), a custar-nos a 2ª parte com 10 jogadores. Notou-se bem o buraco no quarteto ofensivo do Porto. O Ricardo Pereira foi muitas vezes ultrapassado pela ofensiva das aves, nos repetidos ataques pela esquerda, que chegava com perigo à baliza de José Sá. Poderíamos alongar-nos a falar da arbitragem, mas queremos apenas manifestar a nossa solidariedade para com o VAR, Bruno Esteves, que pensamos estar devastado pela falta de confiança demonstrada pelo árbitro Rui Costa, que ignora sempre as suas indicações. A quem nomeou esta dupla, dizemos: em equipa que funciona não se mexe, sr. Fontelas Gomes! Desta jornada tiramos uma informção importante, que é o facto de a equipa estar toda disponível. Soares, Marega e Otávio estão de volta, o que "dificulta" as decisões do treinador. Poderá optar pelo 4x4x2 que usou até à derrota com o Besiktas, ou pelo 4x3x3 que tem usado nos últimos jogos. Do jogo no Monaco surgiu um novo meio-campo com Danilo, Herrera e Sérgio Oliveira, estando Marega e Brahimi nas alas, de apoio ao ataque.

Táticas à parte, os bilhetes para o clássico esgotaram rapidamente, como tem vindo a acontecer em outros jogos desta época e especialmente nas deslocações da equipa. É este o espírito dos adeptos. É o de estar ao lado da equipa sempre, seja a jogar contra o 14º qualificado, ou contra o 3º. Naturalmente que em relação ao 3º temos uma tradição, estamos habituados a ganhar por 5, a marcar aos 92, a comemorar campeonatos na sua casa. É uma questão de manter a tradição.

Se formos justos, e tentado ser imparcial, digo com certeza (e o Jonas também o disse) que o benfica não joga que chegue para ganhar à equipa que melhor joga na liga. Se formos realistas, podemos dizer que contamos com tudo por parte do visitante: o habitual anti-jogo de simulação de faltas, as agressões impunes, talvez umas entradas do guarda-redes na sua baliza com a bola nas mãos, talvez o seu próprio padre para rezar a missa.

Cá estaremos para receber o 3º, da maneira que só nós sabemos fazer.

Contra tudo e contra todos, como sempre!
Ana Soeiro



VOLTAR PARA O BLOG



PARTILHAR ESTE POST




imagem




imagem


Este contador está actualizado e só será removido quando for feita justiça, assim esperamos.
410309 DRAGÕES QUE VISITARAM A NOSSA PÁGINA



imagem

RAÇA DE DRAGÃO © 2017 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

DEVELOPMENT: DSGDROPS® WEBHOSTING: DSGDROPSCLOUD©