Próximo jogo: Tondela vs FC Porto referente à 23.ª jornada da Liga sexta-feira dia 22 ás 21h15, no Estádio João Cardoso
Bem vindo Dragão, 23 de Fevereiro de 2019

Raça Dragão

Crónicas do Dragão

Rui Pedro Braz é um mentiroso compulsivo e a TVI que o contratou sabe que ele mente até porque é benfiquista

Adicionado em: 31 de Janeiro de 2019 // Fonte: Pedro Carvalho

Imagem



Este comentador desportivo que dá pelo nome de Rui Pedro Braz é um mentiroso compulsivo e a TVI que o contratou sabe que ele mente.

Quanto às mentiras que profere no futebol nada a apontar, até porque é benfiquista, logo fará as análises que lhe aprouver. O mais grave é que mente sobre acórdãos do tribunal, acórdãos que já são públicos e de fácil acesso.

Uma das mentiras que a máquina de propaganda benfiquista usa reiteradamente é que as escutas no caso Apito Dourado não serviram de prova por serem obtidas ilegalmente.

Ora isso é mentira, e como tal alguém ligado ao Porto Canal fez chegar aos responsáveis da TVI partes das transcrições do tribunal, onde era dito que as escutas serviram de prova, apesar de alguns arguidos tentarem evitá-lo. Todas estas transcrições do tribunal são públicas e de fácil acesso.

Como a TVI ignorou a queixa o colaborador do Porto Canal mandou a queixa a responsáveis da ERC, com todas as provas devidamente produzidas. Pasme-se qual não foi a sua admiração (a minha inclusive) quando lhe foi dito que o canal de notícias em questão, teria direito a emitir opinião, pois estava protegido pelo guarda-chuva da liberdade de expressão, ou seja, para a ERC mentir sobre acórdãos de tribunal efectivos é considerado liberdade de expressão.

A mesma liberdade de expressão que cercearam a Francisco J. Marques quando este trouxe a lume, os vários emails que envolviam o Benfica num sofisticado caso, de corrupção e interferência desportiva.

Lembrar que através das denúncias do Porto Canal o Ministério Público, tomou nas mãos vários dos casos expostos que se encontram em tribunal e investigação. Que credibilidade me merece uma entidade que regula consoante o protagonista e não o facto em si?

Se a Justiça actua consoante o clube, a entidade ou a pessoa em questão não é Justiça, pois a Justiça deve ser igual para todos. Não temos Justiça, temos justiceiros!



PARTILHAR PÁGINA

Raça Dragão - A vencer desde 1893 © 2017/2018
2+ Anos a oferecer conteúdos Portistas
Todos os direitos reservados

Nenhuma parte das publicações deste website podem ser reproduzidas, distribuídas ou transmitidas em todas as formas usando qualquer tipo de meio, incluíndo fotocópias, gravações ou outro tipo de uso electrónico, sem que para isso exista uma permissão por escrito dos donos desta plataforma, excepto em alguns casos de partilha permitida não comercial. Todos os dados desta plataforma estão protegidos pelas actuais leis em vigor. O Raça Dragão não aloja nenhum tipo de conteúdo em formato de vídeo e qualquer link que se encontre dentro deste website terá a responsabilidade das pessoas e/ou entidades que os representam.

Web Design, Alojamento Web e Programação
DSGDROPS®