Bem vindo Dragão, 17 de Novembro de 2019
FC Porto vence o Vitória de Guimarães por 3-0 com 2 golos de Marega e 1 de Marcano, jogo no Estádio do Dragão.

Raça Dragão

Imagem

Cashball: FC Porto reage a arquivamento do inquérito

Fonte: FC Porto, 01 de Agosto de 2019


Profunda estranheza, é assim que o FC Porto reage, através de um comunicado, ao anúncio da decisão de arquivamento do processo de inquérito disciplinar relativo ao caso Cashball, facto conhecido na noite de terça-feira.

A decisão é tomada sem nunca se ter ouvido oficialmente o FC Porto, refere o clube azul e branco, que estranha ainda o timing em que foi comunicado o arquivamento por parte da Federação de Andebol de Portugal, ou seja, num momento em que, vieram a público mais suspeitas sobre os protagonistas envolvidos e sobre os factos referenciados como passíveis de consubstanciarem grave atentado à verdade desportiva.

O FC Porto considera que a decisão comunicada pela FAP afetam a imagem a confiança no dirigismo desportivo e na Federação de Andebol de Portugal, recordando o que foi decidido em casos similares: Estranha-se por isso que, sem mais, e com um simples comunicado público se procure branquear acontecimentos que continuam a ser desvalorizados pela referida federação. Lembramos que, em casos similares, em sede de outras federações desportivas, foi sempre decidido prorrogar ou suspender os processos de inquérito no sentido de aguardar o desfecho dos processos judiciais associados.

Comunicado na íntegra

O FC Porto manifesta profunda estranheza relativamente à decisão de arquivamento do processo de inquérito disciplinar relativo ao caso Cashball, comunicada no dia de ontem por parte da Federação de Andebol de Portugal.

A decisão é tomada sem nunca se ter ouvido oficialmente o FC Porto, que teve o cuidado de remeter várias missivas sobre o tema àquela federação, e, num momento em que, vieram a público mais suspeitas sobre os protagonistas envolvidos e sobre os factos referenciados como passíveis de consubstanciarem grave atentado à verdade desportiva.

A estranheza adensa-se sobretudo por ter sido sempre respondido ao FC Porto que as suas preocupações estariam a ser acauteladas e que a aparente inação da Federação de Andebol de Portugal apenas se devia ao facto de existir em curso um processo de investigação judicial que estaria a condicionar tudo o resto e do qual até já se constituíra assistente.

Estranha-se por isso que, sem mais, e com um simples comunicado público se procure branquear acontecimentos que continuam a ser desvalorizados pela referida federação.

Lembramos que, em casos similares, em sede de outras federações desportivas, foi sempre decidido prorrogar ou suspender os processos de inquérito no sentido de aguardar o desfecho dos processos judiciais associados.

A imagem e a confiança no dirigismo desportivo e na Federação de Andebol de Portugal não melhoram com decisões como esta.

PUBLICIDADE


PARTILHAR PÁGINA

Nenhuma parte das publicações deste website podem ser reproduzidas, distribuídas ou transmitidas em todas as formas usando qualquer tipo de meio, incluíndo fotocópias, gravações ou outro tipo de uso electrónico, sem que para isso exista uma permissão por escrito dos donos desta plataforma, excepto em alguns casos de partilha permitida não comercial. Todos os dados desta plataforma estão protegidos pelas actuais leis em vigor. O Raça Dragão não aloja nenhum tipo de conteúdo em formato de vídeo e qualquer link que se encontre dentro deste website terá a responsabilidade das pessoas e/ou entidades que os representam.

Raça Dragão
Raça Dragão - A vencer desde 1893 © 2017/2019
2+ Anos a oferecer conteúdos Portistas
Todos os direitos reservados

Web Design, Alojamento Web e Programação
DSGDROPS®