Próximo Jogo: Santa Clara vs FC Porto, Sábado (20h30), no Estádio de São Miguel, nos Açores, 13.ª jornada Liga NOS
Bem vindo Dragão, 15 de Dezembro de 2018

Raça Dragão

Notícias Raça Dragão

Sérgio Conceição busca novo recorde depois de em 2017/2018 ter conseguido quebrar a hegemonia do Benfica

Adicionado em: 06 de Dezembro de 2018 // Fonte: ABola

Imagem



Argumentando sempre que o futebol é o momento e que o passado faz parte do museu, Sérgio Conceição não é, por convicção, um particular admirador de tudo o que se prende com questões estatísticas, mas há verdades insofismáveis que são impossíveis de apagar na sua carreira.

Depois de em 2017/2018 ter conseguido quebrar a hegemonia do Benfica no campeonato, o treinador apresta-se para pulverizar um recorde pessoal, uma vez que na época passada alcançou uma sequência de 10 vitórias consecutivas em todas as provas oficiais, uma marca que igualou com o triunfo suado conquistado no Estádio do Bessa e pode mesmo suplantar, caso some os três pontos na receção aos algarvios do Portimonense, sexta-feira à noite, no Estádio do Dragão.

O jogo com o Portimonense, no Estádio do Dragão, terá uma particularidade extra, pois coincide com a partida número 250 da carreira de Sérgio Conceição como treinador principal.

O técnico dos azuis e brancos iniciou funções na elite nacional em janeiro de 2012, ao serviço do Olhanense. Seguiram-se Académica, SC Braga, Vitória de Guimarães e Nantes antes do regresso ao clube do coração.

Sérgio Conceição voltou a comentar a expulsão no dérbi com o Boavista e a reação do FC Porto que lamentou a perseguição de que o técnico dos dragões está a ser alvo por parte dos árbitros.

O FC Porto falou, está falado. Vocês (jornalistas) é que têm de analisar, começou por dizer, antes de atirar com um exemplo: Jorge Jesus, que é meu amigo, vive os jogos da mesma forma que eu. Alguns jogos que fiz contra ele, estava junta à minha área técnica e até conversávamos e nunca o vi ser expulso durante o tempo que esteve em Portugal.

E prosseguiu: Há coincidências, pois o árbitro assistente que deu indicação para me expulsar na Supertaça foi o mesmo que deu indicação para me expulsar no Bessa. Foi o mesmo, por duas situações idênticas. Não sei se gosta de mim.

O treinador dos dragões foi ainda questionado se as expulsões ajudam a colocar um rótulo depreciativo: Muita gente aproveita-se disso, de uma situação menos positiva para dar mais realce a isso que a uma vitória do FC Porto. Senti uma indignação incrível quando vi gente a comentar de forma revoltada a minha expulsão. Acho que, por vezes, aproveitam-se disso.



PARTILHAR PÁGINA

Raça Dragão - A vencer desde 1893 © 2017/2018
Todos os direitos reservados

Nenhuma parte das publicações deste website podem ser reproduzidas, distribuídas ou transmitidas em todas as formas usando qualquer tipo de meio, incluíndo fotocópias, gravações ou outro tipo de uso electrónico, sem que para isso exista uma permissão por escrito dos donos desta plataforma, excepto em alguns casos de partilha permitida não comercial. Todos os dados desta plataforma estão protegidos pelas actuais leis em vigor. O Raça Dragão não aloja nenhum tipo de conteúdo em formato de vídeo e qualquer link que se encontre dentro deste website terá a responsabilidade das pessoas e/ou entidades que os representam.

Web Design, Alojamento Web e Programação
DSGDROPS®